domingo, 15 de novembro de 2009

Você decide (Resposta)

Paciente compareceu a clínica da Universidade apresentando a seguinte situação:

Dente tratado endodônticamente a cerca de 14 dias, assintomático e necessitando de tratamento restaurador com prótese fixa e núcleo metálico fundido.














Com o exame radiográfico foi constatada a seguinte situação:
- Sobreobturação do canal distal;
- Subobturação dos canais mesiais com possível desvio apical;
- Presença de imagem sugestiva de lesão periapical acometendo as raízes mesial e distal.

Após análise clínica e radiográfica do caso, fo decidido a colocação de núcleo metálico fundio, coroa provisória e proservação do caso para posterior colocação de coroa definitiva.


Foi marcado retorno do paciente, porem o mesmo não compareceu a consulta.

Após 12 meses, o paciente retornou à clínica da Universidade para a continuação do tratamento. O dente apresentava curativo provisório na entrada dos canais. Ao exame radiográfico foi constatada a seguinte situação:

Sucesso clínico e radiográfico (reparo total da lesão periapical).

Mais um mistério da Endodontia!!!!

3 comentários:

  1. Como já comentado em um dos tópicos de discussão... são os mistérios da Endodontia!!!


    Marcelo Vitoriano

    ResponderExcluir
  2. rapaz é um mistério realmente porque a obturação ficou um lixo! como pode ser?

    ResponderExcluir
  3. É... essa é mais uma daquelas situações em que Deus protege os endodontistas...

    ResponderExcluir